quarta-feira, 14 de março de 2012

Mutação Feo

Caracteriza-se pela inibição da eumelanina e pela expressão da feomelanina numa tonalidade castanha máxima e bem contrastada sob um desenho escamado
O desenho escamado é a caracteristica principal do canário Feo.
Sobre o dorso as escamas serão regulares e bem repartidas e não formarão linhas claras.A cabeça e os flancos melanizados deixam visível o desenho partindo de cima do bico até ao uropigio.
Todavia nos canários intensos o desenho escamado e menos nitido.
A tonalidade castanha manifesta-se sobre o conjunto da ave.
Nos machos feos a melanina castanha aproxima-se do bico mas deixa ver uma máscara facial com lipocromo misturado com a melanina castanha e a parte central do peito mostra também lipocromo vísível misturado com a melanina castanha.
As remiges e as rectrizes devem ser circundadas de uma orla/bordadura,baínha)o mais castanho possível.
Não será admitido sobre a plumagem nenhuma presença visível de eumelanina.
As patas,unhas e o bico são de côr claras.
Os olhos rúbis-

Carlos Lima Juiz CNJ/OMJ

Foto:Phaeo amarelo nevado vice campeão Mundial almería 2012, criador: Pedro Febrer Gomila

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Criadores Portuguêses Medalhados no Campeonato do Mundo Almería Espanha 2012

Parabéns aos medalhados e a todos os que participaram em representação de PORTUGAL

                             Canários de Cor
           
Ouro 94p Branco Recessivo José Frangolho
Prata 364p Amarelo Mosaico fêmea  Eurico Fonseca 
Prata 91p Amarelo Mosaico marfim fêmea  Eurico Fonseca
Ouro 94p Vermelho Intensivo João Miranda Mendes
Ouro 94p Vermelho Mosaico Macho Henrique Marques
Bronze 92p Vermelho Mosaico Macho Joaquim Mendes
Prata 93p Rubino Eurico Fonseca  
Ouro 360 Lutino Mosaico Machos Eurico Fonseca 
Ouro 93p Lutino Mosaico Machos  Eurico Fonseca 
Prata 92p Lutino Mosaico Machos  Eurico Fonseca 
Bronze 91p Lutino Mosaico Machos  Eurico Fonseca
Prata 92p Negro Branco Rui Carolino 
Bronze 92p Negro Amarelo Mosaico Rui Belchior
Bronze 368p Ágata Amarelo Mosaico Carlos Moía
Prata 93p  Ágata Amarelo Mosaico Fernando Teixeira
Ouro 376p Castanho Vermelho Mosaico Carlos Moía
Ouro 94p Castanho Vermelho Mosaico Carlos Moía
Bronze 92p Castanho Vermelho Mosaico Paulo Almeida
Ouro 91p Negro Vermelho Pastel Paulo Almeida
Prata 90p Negro Vermelho Pastel Paulo Almeida
Bronze 370p Castanho Pastel Vermelho Mosaico Nuno Sobral
Prata 93p Castanho Pastel Vermelho Mosaico Nuno Sobral
Bronze 363p Negro Asa Cinza Branco Quim Inácio
Ouro 366p  Negro Asa Cinza Amarelo Mosaico Quim Inácio
Prata 91p  Negro Asa cinza Amarelo Mosaico Miguel Abelho
Bronze 363p Castanho Opala Branco José Guerreiro
Bronze 367p Negro Opala Amarelo Rui Carolino
Bronze 91p Phaeo Vermelho Eurico Fonseca
Bronze 362p Phaeo Amarelo Mosaico Eurico Fonseca
Bronze 367p Ágata Topázio Branco António Martins
Prata 370p  Ágata Topázio Amarelo Eurico Fonseca
Bronze 363p Ágata Topázio Amarelo Eurico Fonseca
Bronze 92p Ágata Topázio Amarelo Eurico Fonseca
Ouro 90p Castanho Topázio Vermelho  Eurico Fonseca
Ouro 364p Ágata Topázio Vermelho Eurico Fonseca
Prata 362p Ágata Topázio Vermelho Eurico Fonseca
Prata 92p Ágata Topázio Vermelho Eurico Fonseca
Bronze 91p Ágata Topázio Vermelho Eurico Fonseca
Bronze  364p Ágata Topázio Amarelo Mosaico Carlos Moía
Ouro 94p Ágata Topázio Amarelo Mosaico Eurico Fonseca
Bronze 90p Castanho Topázio Vermelho Mosaico Carlos Moía
Ouro 370p Ágata topázio Vermelho Mosaico Carlos Martins
Prata 368p Ágata Topázio Vermelho Mosaico Carlos Martins
Bronze 367p Ágata Topázio Vermelho Mosaico Carlos Moía
Ouro 94p Ágata Topázio Vermelho Mosaico Carlos Martins
Prata 362p Castanho Onix Branco Nuno Monteiro
Prata 360p Castanho Onix Vermelho Nuno Monteiro
Bronze 92p Ágata Onix Amarelo Mosaico Luís Gomes 
Prata 360p Ágata Onix Vermelho Mosaico Nuno Monteiro

                              Canários  de Porte


Ouro 370p Norwisch Lipocromo Carlos Gião
Bronze 92p Norwisch Lipocromo Carlos Gião
Ouro 372p Norwisch Melánico Joaquim Talaia
Bronze 364 Nowisch Melánico  Carlos Gião
Bronze 91p Norwisch Melánico Joaquim Talaia
Prata 93p Norwisch Variagado Carlos Gião
Ouro 94p Yorkshire Melánico Alvarino Sampaio
Ouro 363p Gloster Consort Teresa Crespo
Prata 92p Gloster Consort Variagado Ricardo correia
Ouro 368p Arlequim Português Poupa Dario Oliveira
Prata 364p Arlequim Português Poupa Honório Ramalho
Prata 362p Arlequim Português Poupa Nelson Silva
Ouro 92p Arlequim Português Poupa Pedro Pereira
Prata 91p Arlequim Português Poupa Nuno Figueiredo
Bronze 90p Arlequim Português Poupa João Almeida
Ouro 360p Arlequim Português Par Alberto Martins
Ouro 93p Arlequim Português Par Alberto Martins
Prata 92p Arlequim Português  Par Honório Ramalho
Bronze 91p Arlequim Português Par Nuno Silva
Prata 93p Lizard Prata Paulo Alegria

                                  Exóticos
Ouro 366p F1-9 António Pereira
Ouro 939p F1-10 José Brogueira
Bronze 91p F1-10 Paulo Ferreira
Prata 93p F1-14 Paulo Ferreira
Ouro 94p F1-22 José Brogueira
Ouro 93p F1-30 Paulo Ferreira
Bronze 360p F1-31 António Pereira
Bronze 91p F1-54 José Vasconcelos
Ouro 91p F1-80 António Pereira
Ouro 367p F1-83 Vítor Antunes
Prata 364p F1-83 Artur Ferreira
Ouro 364 F1-85 Nuno Silva
Prata 363 F1-85 Artur Ferreira
Prata  92p F1-88 António Rosa
Bronze 91p F1-88 Alexandre Lopes
Ouro 364p F1-89 Artur Ferreira
Bronze 91p F1-90 Artur Ferreira
Bronze 91p F1-92 Alexandre Lopes

Vou Estar no Mundial dia 20 sexta feira no sábado com mais tempo acabo de completar a lista de medalhados Portugueses.
Em construção

http://www.com-espana.org/com/noticia.php?noticia=1326965102
  

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Video de fotos Mundial 2012 Almería

Fotos Mundial 2012 Almería






José CarlosRobollo e Richar Rodríguez


Convoyeur Português srºManuel da Fonseca

Carlos Ramôa secretario da COM Mundial

Juiz Português José Ferreira julgando no Mundial

sábado, 7 de janeiro de 2012

Um artigo sobre vermelhos mosaicos de um criador de referência na ornitologia portuguesa o senhor CARLOS LIMA


Vermelho mosaico do criador Português Rui Belchior





VERMELHO MOSAICO LIPOCROMO
UMA OPINIÃO PARA UMA BASE PRÁTICA DE CRIAÇÃO
Carlos Lima juiz OMJ

Como criador e Juiz de canários de cor, desde muito jovem dedico a minha atenção a este maravilhoso canário, que tantas paixões suscita.
Muitos criadores do factor mosaico, são constantemente confrontados com diversas situações, não conseguindo obter respostas.
Muitos Juizes (Nacionais ou internacionais) têm um critério diferente de avaliação nas exposições em que participam.
Como exemplo, os criadores Belgas e Holandeses, apreciam um canário mosaico que apresente um manto muito branco, luminoso, não dando tanta importância à intensidade vermelha nas zonas de eleição (máscara grande e cheia -ombros e rabadilha, com um vermelho intenso e rémiges completamente brancas).
Em contrapartida, os criadores Italianos especialistas no factor mosaico e muito mais avançados, apreciam uma ave com uma cor mais profunda, o que permite um maior contraste (combinação do vermelho intenso, luminoso nas referidas zonas de eleição com um branco imaculado).
Considerando que o gene mosaico (m) está influenciado Considerando que o gene mosaico (m) está influenciado pelo sexo e não ligado ao sexo.
O Gene mosaico alelo ( Gene que determina o mesmo carácter) a saber dos genes intensos e nevados ao qual o Gene.
Mosaico determina a distribuição do pigmento amarelo ou vermelho, em determinadas zonas do corpo (zonas de eleição):
Cabeça - Ombros (com intensidade máxima) - Rabadilha
 Os genes intenso e nevado (são alelos entre si) pois determinam a distribuição do lipocromo nas penas do canário.
Dito isto, facilmente compreendemos com alguns canários mosaicos, apresentam nevadura nas zonas de eleição, outros o inverso são mais intensos, pelo que são mais valorizados nas exposições. Quando um canário apresenta uma simples dose do gene nevado (uniformidade lipocromica) ou do gene mosaico (distribuição localizada) o fenótipo que apresenta é intermédio, já que os genes são codominantes (pois têm igual força genética) produzem no entanto um fenótipo mesclado entre ambos os caracteres.
As Fêmeas apresentam um fenótipo de machos (máscara na cabeça) mosaicos e os machos em fenótipos de fêmeas (máscara partida).

MODELO MOSAICO
 Na criação de canários mosaico, é difícil estabelecer prioridades.
Como exigência do criador, torna-se necessário estabelecer um modelo de mosaico completo (máscara cheia -intensa, peito muito marcado) para os machos. Ao contrário a fêmea deve apresentar, lipocromos intensos e uma bela linha ocular (fêmea de exposição).
Uma cabeça bem redonda, para fazer realçar a máscara.
A presença de um factor  “óptico” que determina a intensidade do lipocromo e o factor “craie” que determina um manto branco opaco, luminoso e sedoso.
 Presentemente os especialistas deste factor, possuem conhecimentos profundos exigindo do criador uma orientação certa para a linha que pretendem criar, a saber:
Linha Macho
Linha Fêmea
Linha intermediária
Significa que teremos 3 linhas distintas
CRUZAMENTOS
 Linha Macho Tipo 2
Macho máscara cheia e lipocromos intensos
Fêmea com máscara e lipocromos intensos
Deste cruzamento apenas resultam machos para as exposições, pois apresentam as características referenciadas.
As Fêmeas apresentam as características lipocromo intenso na cabeça (máscaras umas maiores outras menores) não servem para exposições mas são de grande utilidade para produzirem bons machos.
 Linha Fêmea Tipo 1
Macho com máscaras reduzidas ao mínimo sem lipocromo sob o bico idênticas às fêmeas.
Fêmea apenas com uma bela linha ocular (exposição) mas sempre com um lipocromo intenso.
Deste cruzamento resultam belas fêmeas, para serem expostas em concurso.
Quando aos machos, apresentam as características idênticas às fêmeas referenciadas no cruzamento nº 1 não servem para as exposições.
 Macho com máscara intensa, mas com menos intensidade de lipocromos (zona de eleição da cabeça delimitada na sua extensão).
Fêmea apenas com uma bela linha ocular, ou com máscara.
 Deste cruzamento resultam:
Machos intermédios
Fêmeas de exposição
Fêmeas com mascara mais ou menos intensas
Nota importante:
O mosaico é um verdadeiro canário de desenho, sendo o contraste de cores, de grande importância na sua selecção.
Ao contrário do que muitos criadores de ideias tradicionais pensavam e diziam, que era benéfica a introdução do factor marfim em possíveis acasalamentos, este conceito é totalmente errado.

O Factor marfim introduzindo nos canários com factor mosaico (vermelho ou amarelo) diminui a qualidade da cor de fundo, conduzindo-nos automaticamente a um modelo de canário, menos colorido (intensidade diminuída) e como consequência uma perda enorme do contraste do vermelho ou amarelo intenso com a cor branca.
No entanto o factor marfim, têm outra característica importante, conduzindo-nos ao melhoramento da plumagem o que é bem positivo neste acasalamento.
Quanto à coloração destas belas aves, é idêntica aos demais canários de cor (factor vermelho), iniciando-se a partir do 45º. Dia:
100 gr de Carofil Red
50 gr de Xantofil New.
Total - 150gr
 Desta mistura por cada Kg de papa húmida adiciona-se 5 a 7 gr de colorante e mais 10CC de Defender Red na mistura.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...